Nelson Freitas e Calema sobem ao palco da Expofacic a 2 de agosto

Num programa que tem como cabeças de cartaz James Arthur (4 de agosto) e os Waterboys (31 de julho), além de uma incursão pelo universo de uma das bandas míticas dos anos 80 e 90 com a  Dire Straits Experience (28 de julho), a Expofacic propõe duas noites recheadas do que de melhor se produz ao nível da música de raiz africana. Em 2 de agosto, sobem ao palco principal o consagrado Nelson Freitas e os sempre surpreendentes Calema, dois concertos que deixam antever uma forte adesão do público que tem alimentado o êxito destes artistas de sucesso em Portugal e além-fronteiras.

De Nelson Freitas espera-se uma atuação construída a partir da exploração de novas sonoridades que incorporam influências do rhythm & blues e do hip-hop, combinadas com zouk, kizomba e a música tradicional de Cabo Verde. Com carreira consolidada em Portugal e em vários outros países, o cantor, compositor e produtor de origem cabo-verdiana promete trazer à Expofacic os argumentos que fazem dele uma das maiores referências na fusão desses géneros musicais, num espetáculo em que não faltarão êxitos como “Bo tem Mel”, “Break of Down”, “Miúda Linda” e “Tu És a Mulher”, além das suas mais recentes produções discográficas. 

Antes do concerto de Nelson Freitas, o palco estará por conta dos Calema, dupla constituída pelos irmãos António e Fradique, dois jovens músicos descendentes de cabo-verdianos mas nascidos em São Tomé e Príncipe. Os próprios assumem que transportam uma herança cultural que os conduziu à paixão pela música, na qual de resto é notória a influência das suas origens. A consagração surgiu com o lançamento do single “Vai", que adquiriu assinalável notoriedade nas rádios nacionais e na generalidade dos media, fazendo parte da banda sonora da novela “Paixão”, da SIC. Depois desse sucesso e seguiu-se a “A Nossa Vez”, tema que dá nome ao segundo álbum de originais e que mais uma vez dá expressão ao talento dos Calema. À semelhança de “Vai”, também “A Nossa Vez” foi escolhida para a banda sonora de uma série televisiva, neste caso “A Herdeira”, da TVI. 

Entretanto, enquanto a dupla se vai desdobrado para cumprir uma agenda bastante preenchida, com mais de 100 concertos em cerca de 12 países, o êxito da sua música é uma evidência, tendo superado largamente os 100 milhões de visualizações no youtube.  
 

 

Partilhar