Dama, Richie Campbell, Mariza, Cuca Roseta, Dengaz e Karetus confirmados na Expofacic

Dama, Richie Campbell, Mariza, Cuca Roseta, Dengaz e Karetus são os primeiros nomes confirmados na Expofacic/2017, que decorrerá no Parque Expo-Desportivo de S. Mateus, em Cantanhede, de 27 de julho a 6 de agosto. Os contornos definitivos do cartaz há muito tempo que estão definidos, faltando apenas formalizar alguns dos contratos para fechar um programa de espetáculos e que incluirá dois grandes artistas/bandas internacionais, cuja contração está muito bem encaminhada.

Para já, a comissão organizadora está em condições de avançar com as contratações que estão assentes, designadamente figuras de proa do panorama artístico nacional, a começar pelo dia de abertura, 27 de julho, quinta-feira, para o qual está agendado o concerto de Richie Campbell, nome artístico de um cantor de reggae com um currículo reconhecido pelos mais proeminentes nomes deste género musical e que se tem imposto nos grandes palcos pelo fulgor das suas atuações ao vivo. Antes disso, o recinto estará ao rubro com a sonoridade rap/hip hop de Dengaz, autor de “Dizer Que Não”, cuja carreira no circuito da música moderna se tem destacado com um universo musical marcado pela forte identidade e pela criatividade surpreendente.

Para 31 de julho, o cartaz da Expofacic propõe o espetáculo dos DAMA, que virão a Cantanhede reeditar o estrondoso sucesso de há dois anos, numa fase em que se consagravam como uma das mais fecundas e consistentes formações da moderna música portuguesa. Constituída por Francisco Maria Pereira (Kasha), Miguel Coimbra e Miguel Cristovinho, a banda destaca-se pelas suas canções envolventes e pela empatia que cria com o público com a sua energia cativante. Entusiasmo do público é o que também não vai faltar a Karetus, a dupla formada pelos Dj’s e produtores Carlos Silva e André Reis que tem colecionado sucessos entre os 10 mais vendidos no Beatport e que se tem destacado em remixes oficiais de nomes sonantes da música eletrónica. 

Em 2 de agosto, quarta-feira, a noite no recinto principal do Parque Expo-Desportivo de S. Mateus será inteiramente dedicada ao fado, em duas abordagens complementares. Mariza, a fadista reconhecida internacionalmente como a voz de Portugal sobe ao palco com todos os argumentos que lhe conferem um estatuto relevante na modernização de um género musical que é património imaterial da humanidade desde 2011. Artista consensual em todo o mundo, espera-se da intérprete de "Ó Gente Da Minha Terra", "Rosa Branca", "Melhor de Mim" e "Chuva" um concerto memorável que deverá incluir temas de “Mundo, o seu último êxito discográfico. Com mais de 30 discos de platina, vários prémios nacionais e internacionais e duas nomeações para os Grammy Latinos, o disco valeu a Mariza o prémio de “Melhor Artista” nos Songlines Music Awards 2016, atribuídos pela conceituada revista britânica Songlines.

Outra fadista que promete corresponder às expetativas dos mais exigentes apreciadores da conhecida canção popular portuguesa é sem dúvida Cuca Roseta, uma voz da nova geração que tem vindo a merecer os mais rasgados elogios do público e da crítica nacional e internacional.

Descoberta por Gustavo Santaolalla, conceituado produtor musical argentino que venceu dois óscares nessa categoria, Cuca Roseta mostra em “Riû”, o seu mais recente álbum, toda a gama de recursos que explicam a sua fulgurante carreira, recursos que de resto estarão em evidência no espetáculo intenso que a artista trará a Cantanhede na noite de 2 de agosto.

Partilhar